© 2019 - REALIZAÇÃO

 

Criado com Wix.

ARQUIVO HISTÓRICO DE NOVA PETRÓPOLIS - MUSEU DE FAMÍLIA ALBERTO HILLEBRAND

Endereço: Rua Rs 235 Jose Grings Km 12 Bairro: Linha Imperial

Cidade / CEP: Nova Petrópolis/ 95150000

Telefone: (54) 3298-8092

 

Serviços Prestados: o Museu de Família Alberto Hillebrand engloba alguns arquivos de valor histórico. 1- Arquivo da imigração. Ano 1877. Passaporte do bisavô Franz Oppitz. Porte de arma de Franz Oppitz; escrito em alemão e tcheco. Mensagem pelo batismo da esposa de Franz, Anna Oppitz, por sua madrinha, de 1869, da localidade de Blottendorf. Carta dos pais e irmãos que permaneceram no país de origem, Bohemia – Império Astro- Húngaro; hoje Rep Tcheca. Jornais, revistas e livros da Europa que os imigrantes liam aqui no Brasil. Documento de propriedade de terra passado pelo Presidente do Estado do Rio Grande do Sul, Dr Júlio Prates de Castilhos, em 1897. Fotos da localidade e residência onde residiram as famílias dos imigrantes. 2- Arquivo de outro bisavô Josef Hillebrand, imigrante de Dittersbach, Bohemia- Império Austro - Húngaro , ano 1874. Francisco Hillebrand, professor, com 17 anos, também imigrante, filho de Josef, leciona nos dois idiomas, em duas localidades em Nova Petrópolis. Fotos com alunos. Com a proclamação da República do Brasil, Francisco, em 1892, se torna subintendente no distrito de Nova Petrópolis do município de São Sebastião do Cahy. Também no governo republicano do Estado do Rio Grande do Sul, Francisco é encarregado da Ex-Colônia Provincial de Nova Petrópolis, ficando responsável pelas obras públicas da Secretaria dirigida pelo Secretário de Estado João José Pereira Parobé, em 1894. Documento: Relatório dos Negócios de Obras Públicas. 3- Biblioteca da família. Os imigrantes, seus filhos e netos, além de aprenderem a língua nacional, o português, mantiveram sua língua de origem, o alemão. Vários almanaques, de nome Kalender, com conteúdo de lazer, informações técnicas, culturais, religiosas, notícias locais, nacionais e mundiais. Livros escolares em alemão e português.

Contextualização do Arquivo do Museu de Família Alberto Hillebrand

1- Dicionário Portugues -Alemão

Demonstra como os imigrantes se dedicavam aprender a lingua local.

2- Passaport expedido de Bohm, Leipa , em 30 de abril de 1877.

3- Livro de Geografia

Com grafia antiga