© 2019 - REALIZAÇÃO

 

Criado com Wix.

INSTITUTO HISTÓRICO DE PASSO FUNDO

Endereço: Rua Teixeira Soares, 1268

Bairro: Centro

Cidade / CEP: Passo Fundo - RS

Telefone: (54) 99984-2404 | (54) 99202-6854

E-mail: ihpf@ihpf.com.br

Site:

Redes Sociais (link): https://web.facebook.com/institutohistoricopf/ | @institutohistoricodepassofundo

Horário de Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 13h 30 às 17h 30.

 

Finalidade do Arquivo: O Instituto Histórico de Passo Fundo (IHPF) é uma entidade sem fins lucrativos, formada por interessados na história local e regional, e que tem como principais objetivos estimular, auxiliar e propor medidas que assegurem os estudos históricos, além de coletar documentos e acervos, tornando-os acessíveis à comunidade passo-fundense.

Serviços Prestados: Além de empreender projetos e ações atentando para a história, a cultura, o patrimônio, as memórias e as identidades no/do Município de Passo Fundo, o IHPF reúne acervos de interesse histórico; produz e organiza livros, pesquisas e eventos; e ainda realiza a curadoria do Espaço Cultural Nicoleit&Oro, localizado junto ao saguão do 1º Tabelionato de Passo Fundo, onde são feitas mostras e exposições alusivas à História Local e Regional.

Por ocasião da fundação do Centro de Estudos Históricos Pró-Centenário de Passo Fundo, nas preliminares da ata nº1, o idealizador Jorge Edeth Cafruni descreve a atmosfera que Passo Fundo vivia nos primeiros anos da década de 1950. Enfatizando o desenvolvimento cultural de Passo Fundo, Cafruni destaca que esse acompanhava os setores político-administrativos, industriais e comerciais. O jornalista segue indicando que a economia do município de Passo Fundo estava assentada em bases sólidas e promissoras, sendo sua situação geográfica privilegiada, considerada, ainda, ponto de convergência e de propagação em toda a zona setentrional do Estado. Complementando seu pensamento, aponta que Passo Fundo se configurava como um centro rodoviário por excelência, e, estava em perspectiva de tornar-se, um dos principais entroncamentos ferroviários, possuindo quatro ginásios, um conservatório de música, uma escola de belas artes, uma Faculdade de Direito, em vias de funcionamento, marco inicial de uma futura Universidade, sendo ainda, sede um centro cultural do Tradicionalismo rio-grandense e de um benemérito Grêmio de Letras.

O relato de Cafruni dá vistas de um tempo de marcos para a modernidade da cidade, reflexo do contexto dos anos 50. Em um mundo permeado de avanços científicos e tecnológicos, de mudanças culturais e comportamentais, de pós duas grandes Guerras Mundiais, de bipolaridade política, de tecnologias e de produção em massa. Diante de uma nova era de desenvolvimento, um tempo novo de festejos do centenário, um tempo pujante, nasce a ideia da criação em Passo Fundo, de um Centro de Estudos Históricos, e muitos colaboradores. Da necessidade de criar o Centro de Estudos Históricos, que pouco depois irá se consolidar como Instituto Histórico de Passo Fundo, Cafruni relata a importância da história para gerações contemporânea e futura.